english Icono del idioma   español Icono del idioma  

Please use this identifier to cite or link to this item: https://hdl.handle.net/20.500.12008/39091 How to cite
Title: Análise da internação e mortalidade por HIV no Brasil, 2016-2020
Authors: Pavinati, Gabriel
Lima, Lucas Vinícius de
Monteiro, Leticia Rafaelle de Souza
Silva, Isadora Gabriella Paschoalloto da
Magnabosco, Gabriela Tavares
Type: Artículo
Keywords: Indicadores de morbimortalidade, Hospitalização, Mortalidade, HIV, Epidemiologia
Descriptors: INDICADORES DE MORBIMORTALIDAD, HOSPITALIZACIÓN, VIH, EPIDEMIOLOGÍA, ANÁLISIS DE DATOS, TOPOGRAFÍA MÉDICA, BRASIL
Issue Date: 2023
Abstract: Apesar dos avanços programáticos conquistados na atenção às pessoas que vivem com HIV no Brasil, os índices de morbimortalidade atribuídos à infecção ainda são altos e heterogêneos no território nacional. Destarte, entende-se que os aspectos epidemiológicos do HIV devam ser analisados em consonância com as características e delimitações geográficas. Este estudo objetivou analisar os coeficientes de internação hospitalar e de mortalidade por HIV, segundo regiões do Brasil, de 2016 a 2020. Tratou-se de um estudo ecológico das regiões brasileiras, com dados extraídos das plataformas públicas de informação, referentes ao período de 2016 a 2020. Procedeu-se a análise por meio de estatística descritiva e, baseado nos coeficientes regionais de internação hospitalar e mortalidade calculados, foram derivadas ilustrações geográficas por meio do software QGIS, a partir do mapa do Brasil, divisado por regiões. Os resultados apontaram que as internações por HIV apresentaram queda em todas as regiões ao longo do período, contudo, o Sudeste se manteve abaixo da média nacional. Com relação aos óbitos, a queda foi observada em todas as regiões, com menor variação no Nordeste e Norte. Ademais, as regiões Sul e Norte seguiram com os maiores coeficientes de mortalidade do país durante todo o período analisado, enquanto as demais ficaram abaixo da média nacional. Pontua-se a necessidade de novas investigações quanto às especificidades regionais de conformação e organização da rede de atenção no que se refere à oferta de ações e serviços de saúde, bem como das condições socioeconômicas e comportamentais que influem no curso da infecção pelo HIV.

Apesar dos avanços programáticos conquistados na atenção às pessoas que vivem com HIV no Brasil, os índices de morbimortalidade atribuídos à infecção ainda são altos e heterogêneos no território nacional. Destarte, entende-se que os aspectos epidemiológicos do HIV devam ser analisados em consonância com as características e delimitações geográficas. Este estudo objetivou analisar os coeficientes de internação hospitalar e de mortalidade por HIV, segundo regiões do Brasil, de 2016 a 2020. Tratou-se de um estudo ecológico das regiões brasileiras, com dados extraídos das plataformas públicas de informação, referentes ao período de 2016 a 2020. Procedeu-se a análise por meio de estatística descritiva e, baseado nos coeficientes regionais de internação hospitalar e mortalidade calculados, foram derivadas ilustrações geográficas por meio do software QGIS, a partir do mapa do Brasil, divisado por regiões. Os resultados apontaram que as internações por HIV apresentaram queda em todas as regiões ao longo do período, contudo, o Sudeste se manteve abaixo da média nacional. Com relação aos óbitos, a queda foi observada em todas as regiões, com menor variação no Nordeste e Norte. Ademais, as regiões Sul e Norte seguiram com os maiores coeficientes de mortalidade do país durante todo o período analisado, enquanto as demais ficaram abaixo da média nacional. Pontua-se a necessidade de novas investigações quanto às especificidades regionais de conformação e organização da rede de atenção no que se refere à oferta de ações e serviços de saúde, bem como das condições socioeconômicas e comportamentais que influem no curso da infecção pelo HIV.

Despite the programmatic advances achieved in the care of people living with HIV in Brazil, the morbidity and mortality rates attributed to the infection are still high and heterogeneous in the national territory. Thus, it is understood that the epidemiological aspects of HIV should be analyzed in accordance with the characteristics and geographical boundaries. This study aimed to analyze the coefficients of hospitalization and mortality from HIV, according to regions of Brazil, from 2016 to 2020. This was an ecological study of Brazilian regions, with data extracted from public information platforms, referring to the period 2016 to 2020. The analysis was performed using descriptive statistics and, based on the calculated regional hospital admission and mortality coefficients, geographic illustrations were derived using the QGIS software, from the map of Brazil, divided by regions. The results showed that hospitalizations for HIV decreased in all regions over the period; however, the Southeast remained below the national average. Regarding deaths, the drop was observed in all regions, with less variation in the Northeast and North. Furthermore, the South and North regions continued to have the highest mortality rates in the country throughout the analyzed period, while the others were below the national average. There is a need for further investigations regarding the regional specificities of conformation and organization of the care network with regard to the provision of health actions and services, as well as the socioeconomic and behavioral conditions that influence the course of HIV infection.
Description: https://rue.fenf.edu.uy/index.php/rue
Publisher: Udelar. FE
ISSN: 0797-6194
e-ISSN: 2301-0371
Citation: Pavinati, G, Lima, L, Monteiro, L, Silva, I y Magnabosco, G. "Análise da internação e mortalidade por HIV no Brasil, 2016-2020" [en línea] 2023.
License: Licencia Creative Commons Atribución - No Comercial - Sin Derivadas (CC - By-NC-ND 4.0)
Appears in Collections:Revista Uruguaya de Enfermería - Facultad de Enfermería

Files in This Item:
File Description SizeFormat  
RUE2023v18n1Pavinati.pdf891,77 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons